Pesquisadoras do IPÊ participam do maior congresso sobre conservação da natureza no mundo

De 03 a 11 de setembro, governos, sociedade civil organizada, povos e comunidades tradicionais estarão reunidos no IUCN World Conservation Congress, em Marseille/França. Angela Pellin e Simone Tenório, pesquisadoras do IPÊ, participam do evento que discute os principais avanços e os desafios para a conservação da natureza no mundo. O Congresso é uma iniciativa da IUCN - Union for Conservation of Nature, a maior rede de organizações e entidades para a conservação do mundo. 

Para acompanhar a discussão, entre no site oficial do evento. Em muitas das seções existe a possibilidade de interação ao vivo. 

A partir de 03 de setembro, nos stories do IPÊ no instagram, as pesquisadoras do IPÊ vão contar mais sobre o Congresso, incluindo os bastidores, direto de Marseille/França. 

Voluntariado como estratégia para a conservação

Angela Pellin que também é vice-presidente do secretariado do comitê brasileiro da IUCN para o triênio 2021-2024 vai compartilhar a experiência do IPÊ no apoio ao Programa de Voluntariado do ICMBIO - Instituto Chico Mendes de Conservação. Atualmente, mais de 200 Unidades de Conservação UCs e 12 centros de pesquisa federais participam do programa. Desde o início da parceria, mais de 30 mil voluntários aderiram ao Programa.

“O papel do voluntariado é extremamente relevante no envolvimento da sociedade na conservação da sociobiodiversidade. A partir da vivência dentro das UCs é gerado um sentimento de pertencimento, o que torna a pessoa um agente da conservação na sua comunidade, formando assim uma rede de engajamento”, explica a pesquisadora Angela Pellin. 

Entre os destaques da parceria entre IPÊ e ICMBio está a reestruturação do Programa de Voluntariado para Unidades de Conservação, que incluiu:

-  desenvolvimento de plataforma de cadastro e gestão dos voluntários e atividades 

- publicação de Guias de Orientação do Programa nas versões Gestão e Voluntariado

- realização de eventos de fortalecimento do Programa, como o Seminário Experiências Internacionais de Voluntariado em Áreas Protegidas e da Oficina de Boas Práticas em Voluntariado no ICMBio. 

Conservação da Biodiversidade no Pontal do Paranapanema (SP/Brasil)

Já Simone Tenório levará para o Congresso da IUCN os resultados do POC - Plano Operacional de Conectividade entre Unidades de Conservação e Áreas Protegidas no Oeste Paulista. O Projeto é uma realização dos pesquisadores do IPÊ, Fundação Florestal, Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de SP (SIMA) e de organizações da sociedade civil, como Apoena e a Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (MAB/Unesco).

No POC, pesquisadores elaboraram o mais completo banco de dados sobre a biodiversidade da região, definiram as áreas prioritárias para a conectividade florestal e conservação do Oeste paulista, além das estratégias para colocá-lo em prático. Entre a medidas-chave para avanços nessa direção estão: a criação de Unidades de Conservação e a implementação de novos corredores florestais sustentáveis economicamente, com apoio e participação de proprietários rurais e envolvimento de comunidades. 

"Pela primeira vez, temos um mapeamento completo da região do médio e do Pontal do Paranapanema, onde podemos ver os locais ideais para plantarmos novas florestas que realmente farão a diferença para a biodiversidade local. Para a fase seguinte, a de implementação das ações para conexão, será muito importante mobilizar todos os setores. Além de conectar as florestas, queremos conectar ideias, pessoas e instituições para a implementação das ações propostas no Plano. Todos ganham com a floresta em plena atividade", afirma Simone Tenório, coordenadora do projeto.