“Jovens Vozes da Amazônia”: confira como foi o evento realizado durante a Cúpula Mundial da Juventude

Nos dias 06 e 07 de abril, mais de 70 jovens, de 10 países, estiveram reunidos na sessão “Jovens Vozes da Amazônia” realizada durante a Cúpula Mundial da Juventude, neste ano totalmente online. O evento reforçou o quanto a juventude amazônida está ativa pela conservação da sociobiodiversidade e a mitigação das mudanças climática.

A sessão “Jovens Vozes da Amazônia” é uma iniciativa da Rellac-Jovens - Rede de Jovens Líderes em Áreas Protegidas e Conservadas da América Latina e Caribe, que conta com apoio do IPÊ, por meio das Soluções Integradas em Áreas Protegidas, desenvolvidas pelo Instituto por meio de diversos projetos. 

Foto Polyana LemosPollyana Lemos, engenharia florestal do IPÊ e integrante da Rellac, destaca a força de mobilização da juventude amazônida. “Os jovens têm protagonizado ações ao redor do mundo e na Amazônia. Participar da Cúpula Mundial da Juventude é vivenciar todo esse impulso da indignação e necessidade de transformação perante o cenário insustentável de ameaças nos territórios e realidades dos jovens. O espírito de troca e coletividade que vivencio na rede, é algo muito forte e rico, que resulta na realização de ações transformadoras”

O compartilhamento de aprendizados práticos de uma juventude já mobilizada, a troca de informações e a ampliação da rede de contatos estão entre os resultados-chave do evento.  Participaram da sessão, jovens de organizações de grandes centros urbanos como, por exemplo, Belém (PA), jovens que vivem e atuam em assentamentos rurais, em comunidades atingidas por mineração, além de indígenas do Brasil, Peru e Colômbia.

A pauta também incluiu os desafios da pandemia de Covid-19 e quais são as perspectivas de futuro pós-pandemia.

O evento contou também com a intervenção artística de jovens da região Pan-Amazônia.

Os contatos dos participantes da sessão estão consolidados no link: https://padlet.com/rellacjamazonia/u2e6a5q3dcwcul42