Últimas Notícias

A Iniciativa Nacional para a Conservação da Anta Brasileira (INCAB), projeto do IPÊ, realiza sua primeira reunião técnica para discutir medidas para redução de atropelamentos de antas nas rodovias do Mato Grosso do Sul. A reunião foi organizada com a 34ª Promotoria de Justiça de Campo Grande e pela SEMADE/IMASUL.

O Ecoswim 2016 vai acontecer no dia 19 de novembro!

A iniciativa é uma competição de natação beneficente organizada pela equipe de Natação da Escola Politécnica da USP, que reverte o dinheiro das inscrições para o projeto “Nascentes Verdes, Rios Vivos”, do IPÊ. A quantia arrecadada é utilizada para garantir a produção de árvores plantadas em áreas localizadas na região do Sistema Cantareira. Os nadadores inscritos levam um kit com uma muda de árvore nativa e ainda ajuda o projeto.

Em 2015, o Ecoswim reuniu 611 pessoas e o percentual das inscrições resultaram em R$4.000,00 revertidos para a manutenção do viveiro de mudas do IPÊ, usado para restauração florestal na região de Nazaré Paulista (SP).

Monte a sua equipe e reserve já a data! Inscrições AQUI!

A pesquisadora do IPÊ, Gabriela Cabral Rezende, participou de reunião temática para avaliação do status de conservação dos mamíferos do estado de São Paulo, nos dias 19 e 20 de outubro, na Fundação Parque Zoológico de São Paulo.

A partir desse encontro entre especialistas e representantes de ONGs, universidades e governo, será organizada a lista vermelha das espécies do Estado.

Coordenadora do programa de conservação do Mico-Leão-Preto, Gabriela levou informações sobre essa espécie endêmica do Estado e tema dos estudos do IPÊ há mais de 30 anos. Além disso, contribuiu com informações sobre o mico-leão-de-cara-preta (do litoral paulista) e alguns dados sobre mamíferos que também ocorrem no Pontal do Paranapanema, em áreas de estudo do mico-leão-preto.

O grupo avaliou 236 espécies de mamíferos, entre elas, nove foram avaliadas pela primeira vez, por se tratarem de novos registros para o estado. Destas, cerca de 50 farão parte da lista vermelha que será publicada em 2017, junto com toda a fauna ameaçada do Estado.

As inscrições para o curso do Programa R para Biologia da Conservação encerram-se hoje. Corra para garantir a sua vaga. São sete módulos de curso à distância, em um modelo que garante total interação entre professores e alunos. 

Mais de duas mil pessoas participaram do treinamento gratuito online que aconteceu na semana passada. As vagas para o curso mais completo são limitadas! Faça aqui a sua inscrição.

O curso é uma realização da ESCAS - Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade e é ministrado pelo professor Marcos Vital, que falou no Blog do IPÊ sobre essa importante ferramenta que pretende facilitar a vida de quem atua em conservação.

Confira também informações sobre o curso presencial do Programa R, com foco em Análise de Biodiversidade aqui.

O projeto "Talentos da Natureza" foi um dos vencedores do prêmio Destaque em Geração de Emprego e Renda oferecido pelo Instituto Renner em parceria com a Aliança Empreendedora. O trabalho realizado pelo IPÊ, em Nazaré Paulista (SP), buscou talentos entre mulheres moradoras do município. A região é estratégica do ponto de vista da proteção ambiental e tem sido foco dos trabalhos do IPÊ especialmente para a proteção da Mata Atlântica e dos serviços ecossistêmicos, como os recursos hídricos. Ali, o IPÊ buscou desenvolver as capacidades empreendedoras e os olhares das mulheres para a causa ambiental. O resultado foi a criação de um grupo de empreendedoras que agora busca se destacar em suas frentes de atuação - artesanato e produção de cosméticos, com produtos que representem as tradições de Nazaré Paulista. 

"Estamos muito felizes com o prêmio. É um reconhecimento do trabalho do Instituto e também de todo o grupo de mulheres que se dedicou durante um ano todo e pôde ampliar suas capacidades empreendedoras", explica Fernanda Pereira, coordenadora do projeto. 

Ao longo de nove meses, 27 mulheres do município (a maioria moradora da área rural) participaram de nove oficinas destinadas ao empreendedorismo feminino. Com metodologia da Aliança Empreendedora, as participantes puderam descobrir seus potenciais como empreendedoras e também como aplicar seus talentos em produções sustentáveis. Cada mulher produz agora artigos com reciclagem de papel (papietagem), além de produtos naturais de limpeza e cosméticos, cujas matérias primas são beneficiadas com o adubo produzido por compostagem, que reduz o volume de resíduo orgânico destinado aos aterros.

Para receber o prêmio, entregue dia 19 de outubro, estiveram presentes em Porto Alegre (RS), a coordenadora da Unidade de Negócios do IPÊ, Andrea Peçanha, e uma das participantes do grupo de mulheres, Valeria Oliveira.