Agricultores do ES farão intercâmbio com produtores do Pontal do Paranapanema (SP)
Agricultores do ES farão intercâmbio com produtores do Pontal do Paranapanema (SP)

Educação é um dos pilares mais importantes do projeto que o IPÊ realiza em assentamentos na área rural do Espírito Santo. Em razão disso, o Instituto busca proporcionar trocas de conhecimentos entre técnicos, pesquisadores e produtores rurais.

Em novembro, mais de 40 produtores dos assentamentos Beija-Flor, Boa Esperança e Laje, da cidade de Alto Rio Novo, e do assentamento Rosa de Saron, em Águia Branca (ES), farão um intercâmbio de conhecimentos com produtores, também assentados, do Pontal do Paranapanema, extremo oeste de São Paulo.

A ideia é que eles conheçam de perto as iniciativas do IPÊ na região como Sistemas Agroflorestais com café sombreado, viveiros comunitários e os corredores reflorestados em áreas de reserva legal na região, incluindo o maior da Mata Atlântica, com 2,4 milhões de árvores, dentro da fazenda Rosanela. Os aprendizados poderão apoiar os assentados no desenvolvimento de ações que melhoram a produção local, possibilita novas alternativas de renda e a conservação de água que influencia a bacia do Rio Doce.

A atividade faz parte do projeto Educação, Paisagem e Comunidade, realizado pelo IPÊ, sua escola ESCAS e com financiamento da Fundação Renova.