Pesquisadores do IPÊ compartilham as experiências dos Encontros dos Saberes em curso promovido pelo ICMBio  
Pesquisadores do IPÊ compartilham as experiências dos Encontros dos Saberes em curso promovido pelo ICMBio  

A metodologia, as experiências e os resultados dos Encontros dos Saberes realizados desde 2018 pelo Projeto Monitoramento Participativo da Biodiversidade em Unidades de Conservação da Amazônia (MPB), do IPÊ- Instituto de Pesquisas Ecológicas, em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), foram tema de um curso de formação realizado entre 11 e 15 de julho, no Centro de Formação em Conservação da Biodiversidade (ACADEBio), em Iperó, no interior do estado de São Paulo. A capacitação foi promovida pela Coordenação de Monitoramento da Biodiversidade (COMOB), do ICMBio.  

O evento "Encontro dos Saberes: uma nova forma de conversar a conservação" reuniu gestores, analistas ambientais, monitores locais e parceiros de diversas unidades de conservação do país. Segundo os organizadores, a atividade é uma forma de ampliar o processo de institucionalização dos Encontros dos Saberes e garantir sua continuidade, tanto na proposta pedagógica, como nos conceitos, nos métodos de comunicação e facilitação social já adotados.

 Comunicação visual2.Tathiana Chaves

Crédito: Tathiana Chaves/ICMBio

O Encontro dos Saberes é uma metodologia construída em parceria entre o projeto MPB, realizado pelo IPÊ e o Programa Monitora, do ICMBio, como estratégia dialógica e participativa para a etapa pós-amostragem nas unidades de conservação monitoradas. A iniciativa tem por objetivo criar espaços onde os diferentes conhecimentos envolvidos no monitoramento da biodiversidade possam dialogar, debater sobre os resultados e construir conhecimentos juntos.

Durante a programação, pesquisadores do IPÊ relataram as vivências e os resultados acumulados em quatro anos de encontro. “A nossa proposta desde o início foi que esses encontros funcionem, de fato, como troca de saberes, unindo em um só lugar os conhecimentos tradicionais, científico, jurídico-administrativo, empresarial, educacional, entre outros”, ressalta Leonardo Rodrigues, coordenador pedagógico do projeto MPB. 

Monitor local na Floresta Nacional do Jamari, em Rondônia, há 8 anos, Zeziel Ferreira Silva afirma que o curso o ajudou a compreender ainda mais o seu papel na conservação ambiental do território onde atua. “Eu gostei do que foi apresentado nessa capacitação, principalmente sobre a forma de me apropriar da importância do monitoramento participativo e repassar isso para outras pessoas de dentro ou fora da minha comunidade. Mesmo compreendendo o meu trabalho, muita das vezes eu não conseguia explicar para outras pessoas a importância desse oficio para conservação da biodiversidade. Com os aprendizados que recebi aqui, acredito que minha forma de expressar e comunicar o monitoramento será muito melhor”, avalia.  

Darlison Andrade, gestor da COMOB/ICMBio, explica que o órgão tem adotado os Encontros dos Saberes como a principal estratégia para discussão e interpretação coletiva dos resultados do Programa Monitora. “Superadas as etapas de capacitação virtual, em 2021, e participação de servidores e colaboradores do ICMBio nos Encontros realizados, no primeiro semestre de 2022, chegamos na fase de realização desse curso presencial, que é um momento ímpar para as aprendizagens de facilitação gráfica e reflexões sobre a utilização de ferramentas de comunicação visual e oral durante os Encontros dos Saberes.”

Segundo Andrade, o treinamento também foi uma oportunidade de avaliação de todo o histórico do processo que tem sido construído na iniciativa dos ES. “Esse momento também serve como estágio de aprimoramento sobre os encontros que discutem o monitoramento participativo, no qual novos atores são inseridos, permitindo um novo olhar, e atores antigos tem sido instigado a pensar um futuro com incorporação de novas técnicas e tecnologias”, destaca.

Durante o evento os participantes receberam a versão impressa do livro “Encontro dos Saberes”. Clique aqui e baixe a versão digital da publicação.

Foto final.Curso ES Acadebio. Tathiana Chaves

Crédito:Tathiana Chaves/ICMBio

 Monitoramento Participativo

O Projeto de Monitoramento Participativo da Biodiversidade em Unidades de Conservação da Amazônia (MPB) apoia a implementação do Programa Nacional de Monitoramento da Biodiversidade (Monitora), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e conta com apoio da Fundação Gordon e Betty Moore, USAID, Programa ARPA e mais de 20 instituições locais.

 Troca de Saberes

Desde o início do projeto MPB, o IPÊ realizou 16 Encontros dos Saberes presenciais e dois seminários amplos envolvendo mais de 1.200 pessoas, entre parceiros da instituição, lideranças locais, analistas ambientais e gestores do ICMBio, monitores da biodiversidade e pesquisadores.