Inscrições abertas: curso de formação para jovens lideranças da Amazônia 
Inscrições abertas: curso de formação para jovens lideranças da Amazônia 

Até 02 de maio, jovens residentes na Amazônia (de 18 a 35 anos) atuantes em Áreas Protegidas vinculadas ao LIRA/IPÊ – Legado Integrado da Região Amazônica e ao MPB/IPÊ – Monitoramento Participativo da Biodiversidade, além de integrantes de redes de juventude e/ou movimentos sociais têm a oportunidade de se inscrever para uma das 80 vagas do curso Formação de Jovens Lideranças Transformando Territórios Amazônicos, iniciativa do LIRA/IPÊ. 

O curso tem como colaboradores a CNS – Conselho Nacional Das Populações Extrativista e a ESCAS/IPÊ – Escola Superior de Conservação Ambiental e Sustentabilidade, e como parceiros financiadores Fundo Amazônia e Fundação Gordon and Betty Moore. 

O objetivo é ampliar a compreensão política dos jovens sobre áreas protegidas, biodiversidade e floresta a partir da sustentabilidade. Serão 180 hora, 8 módulos, de encontros presenciais e virtuais realizados de maio a dezembro de 2022, com certificação. 

Dessa forma, os jovens vão aprimorar o entendimento sobre o potencial político de trabalhos colaborativos e redes de conexões, além do domínio das linguagens jurídico-administrativas. Na prática, estarão mais preparados para atuar nas agendas das políticas ambientais e socioambientais da Amazônia. O curso também vai abordar como engajar ações coletivas nos respectivos territórios, além da comunicação para além dos pares. 

Soma de esforços

A iniciativa busca agregar forças e criar estruturas mais sólidas para que possam aflorar ações, articulações, interações e parcerias estratégicas e assertivas para efetivação de políticas públicas e territoriais em prol desses grupos. Como por exemplo, aperfeiçoar as capacidades de negociação perante agentes econômicos historicamente mais fortes como as empresas que compram produtos da floresta, extraídos e produzidos nos territórios que essas organizações e projetos representam.

A Formação de Jovens Lideranças Transformando Territórios Amazônicos – FLAUTA  visa fomentar o protagonismo jovem para atuação engajada e cidadã nos territórios, além de estimular ação organizada e coletiva em prol da equanimidade socioeconômica e conservação ambiental. Tudo isso, a partir da ampliação do conhecimento histórico sobre o desenvolvimento e ocupação da Amazônia e em como essa história produz desdobramentos concretos na organização sociopolítica e na realidade dessa região.

Como vai acontecer

Serão momentos formativos, com palestras, mesas-redondas e grupos de trabalho; além de fóruns de debate e discussão; ações articuladas de coletivos para construção e implementação de planos de ação conjuntos com focos temáticos e territoriais; e sessões de aprofundamento em temas de interesse específicos para participantes interessados organizados em mentorias e acompanhamento mais direto e específico entre corpo docente e alunos.