ESG na Prática: Assista à Sessão Novos Modelos de Produção Agropecuária

Na primeira sesão do evento ESG na Prática, realizado pelo IPÊ e LinkedIn, Miriam Perilli - pesquisadora do IPÊ e coordenadora de projetos - conversou com os convidados sobre os caminhos com potencial de transformar a pecuária em aliada da sustentabilidade. Leonardo Resende, proprietário da Fazenda Triqueda e mestre em conservação e sustentabilidade pela ESCAS/IPÊ, está entre os fazendeiros que apostam nessa ideia.  “Ao fugir da monocultura, tudo o que a gente faz, por menor que seja, é um grande passo em busca da sustentabilidade. Ao introduzir as árvores além de triplicarmos a rentabilidade, passamos a fixar carbono em maior quantidade”.

Caio Rivetti, proprietário da Fazenda Gordura, vem seguindo na mesma direção. “Conseguimos transformar nossa pecuária, além de produzir comida, prestar serviços ambientais e absorver carbono”. Henrique Borges, head of milk and dairy ingredients da Danone, empresa que tem investido na propriedade-escola de Caio contextualiza a estratégia. “O ESG nada mais é do que uma consciência coletiva da empresa em relação aos fornecedores e ao ecossistema, a gente entende que agricultura regenerativa é o principal pilar para fazer isso”. 

Nabil Kadri, chefe do Departamento de Meio Ambiente e Gestão do Fundo Amazônia do BNDES, revelou uma linha de crédito do Fundo Clima com potencial de beneficiar pequenos produtores. “Temos buscado empresas industriais que agregam pequenos produtores. Essas empresas podem ser as tomadoras de recursos para poder possibilitar melhores práticas na cadeia produtiva. A relação com o BNDES seria com essa grande indústria e ela com esse recurso mais acessível pode puxar os produtores para uma lógica de boas práticas”. 

Assista esse papo interessante aqui:
https://www.linkedin.com/video/live/urn:li:ugcPost:6850762928942043136/?actorCompanyId=3067596