Recorde de filhotes de tartarugas na Reserva Biológica do Rio Trombetas

No último dia 15 de janeiro, foi finalizada a temporada 2019 do Programa Quelônios do Rio Trombetas (PQT) com a soltura de 5.000 filhotes de tartaruga-da-amazônia na região das praias de desova da espécie na Reserva Biológica (Rebio) do Rio Trombetas. O PQT tem apoio do IPÊ para a sua realização desde 2017, via Projeto Monitoramento Participativo da Biodiversidade (MPB), que tem parceria com o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidae) e conta com o apoio de USAID - US Agency for International Development e Gordon and Betty Moore Foundation.

Mais de 300 pessoas participaram do evento de soltura, uma atividade de comemoração pelo esforço e sucesso alcançados pelos monitores comunitários, voluntários do programa do ICMBio, servidores e parceiros do PQT na conservação desses quelônios.
A melhor notícia é o número recorde de filhotes soltos durante toda a temporada do PQT 2019 que ultrapassou 50 mil tartarugas. Outro número para comemorar é o aumento expressivo de fêmeas que desovaram nos tabuleiros do Rio Trombetas que chegou a 800 fêmeas. Nos anos anteriores esses números chegavam a, no máximo, 600 indivíduos.
Esse resultado é mais que esperado pela equipe do Programa Quelônios do Rio Trombetas, fruto do trabalho de proteção, manejo conservacionista e solturas realizados na região há mais de 40 anos, pois o aumento expressivo de fêmeas desovando esse ano se dá provavelmente pelas fêmeas jovens soltas ou protegidas em anos anteriores que desovaram pela primeira vez nessa temporada.
O Programa Quelônios do Rio Trombetas é planejado e executado pelas UCs de Trombetas - IBDF, IBAMA e atualmente pelo ICMBio - em parceria com as comunidades e MRN. Desde 2017, o PQT conta com o apoio do Programa Nacional de Monitoramento da Biodiversidade (MONITORA), do qual o IPÊ paz parte pelo MPB; e do Programa de Voluntariado do ICMBio, sob a coordenação do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Amazônica (CEPAM/ICMBio).