"Parcerias em Rede", do projeto MOSUC, conclui ciclo com importantes conquistas

 

Dias 20 e 21 de agosto, em Brasília, acontece a oficina de encerramento do componente de Parceira em Rede do projeto Motivação e Sucesso na Gestão de Unidades de Conservação (MOSUC). Um arranjo construído nos últimos dois anos que envolveu 30 unidades de conservação, incluindo dois núcleos de gestão integrada e uma unidade especial avançada.

O projeto contou com a colaboração de 12 instituições locais e mais de 50 colaboradores de apoio à gestão, abrangendo uma área de quase 29 milhões de hectares em unidades de conservação nos estados de Roraima, Amazonas, Amapá, Pará, Mato Grosso, Rondônia e Acre. “Um imenso território que abriga uma diversidade proporcional e permite dizer que há muitas amazônias dentro da Amazônia. Este encontro em Brasília representa o fim de um ciclo, mas o sentimento é de alegria, de dever cumprido e de celebração. Todos nós que passamos por essa experiência estamos mais preparados para enfrentar os desafios que estão por vir. Essa rede nos tornou mais fortes. Temos muito o que agradecer aos gestores, às instituições colaboradores locais que confiaram no trabalho do IPÊ e na nossa proposta de construção de parceira em rede”, afirma Angela Pellin, coordenadora de projetos do IPÊ.

A Oficina também será um momento de reflexão sobre os resultados obtidos, refletir sobre os aprendizados, trocar experiências e de construção coletiva dos sonhos em comum das instituições envolvidas nas unidades de conservação. O MOSUC mostra com resultados que o trabalho em rede fortalece as relações institucionais, potencializa ações no território, permite ampliar a escala e envolve as comunidades locais no entendimento e reconhecimento das comunidades em seus territórios, complementa Fabiana Prado, cdo núcleo de articulação institucional do IPÊ.

Esta atividade é desenvolvida pelo IPÊ em parceria com o ICMBio, com apoio de Gordon and Betty Moore Foundation. Confira mais sobre os resultados do MOSUC no relatório de atividades.