Workshop sobre biodiversidade fortalece educação ambiental nas escolas municipais de Atibaia - SP

 

Coordenadores de escolas municipais da cidade de Atibaia (SP) participaram do workshop "Formação de Educação Ambiental - Biodiversidade", promovido pelo IPÊ - Instituto de Pesquisas Ecologicas e a Secretaria Municipal de Educação. O encontro aconteceu na Sala Verde da cidade, que hoje funciona na Biblioteca André Carneiro, no bairro Jardim Imperial.

O workshop contou com a presença de 38 coordenadores e teve como objetivo levar informações sobre a biodiversidade brasileira e regional, além de discutir com os participantes a importância da conservação da fauna e flora. O tema vem ao encontro dos objetivos da Secretaria de Educação, que é o de ampliar a informação e disseminar a causa socioambiental, fortalecendo a Educação Ambiental, que é um dos temas trabalhados de forma interdisciplinar nas escolas da cidade, segundo a Diretora de Educação, Eliane Doratiotto Endsfeldz. 

"Achei esse encontro muito produtivo, inclusive por nos permitir atender a uma de nossas diretivas em Educação Ambiental para o município. Já desenvolvemos a educação ambiental em todas as escolas, porque acreditamos que o tema tem que estar presente na vida dos estudantes. A cada ano, as escolas definem temas a serem trabalhados, como arborização ou resíduos. Mas, especialmente no nosso município, tão rico em biodiversidade, esse tema merece um olhar mais aprofundado. Ficamos felizes em poder falar sobre isso agora em parceria com o IPÊ", afirma a Diretora.

No encontro, a educadora e coordenadora de projetos do IPÊ, Andrea Pupo Bartazini, apresentou um conteúdo amplo sobre biodiversidade e conservação, levando aos coordenadores informações de pesquisas realizadas pelo Instituto ao longo de mais de 25 anos de atuação pela proteção da fauna e flora.

"Buscamos levar aos coordenadores informações relevantes e mais aprofundadas sobre a importância da conservação da biodiversidade a partir da valorização da fauna e flora regional da Mata Atlântica do município. Para que eles possam trabalhar com os alunos, usamos imagens dos animais encontrados por aqui e muitas vezes desconhecidos pela população, como o macaco sauá, por exemplo. Mas também buscamos mostrar o valor de espécies pouco carismáticas, que causam medo nas pessoas como o morcego, explicando a importância dele para o ecossistema. O conhecimento e a valorização de cada espécie são as bases para a conservação", afirma a educadora.

O conteúdo apresentado agora será disseminado pelos coordenadores aos professores do ensino fundamental, de forma a alcançar cerca de nove mil alunos das 27 escolas municipais, sob responsabilidade da secretaria.

XII Concurso de Desenhos 

O workshop também lançou as bases do XII Concurso de Desenhos realizado pela tradicional Festa de Flores e Morangos de Atibaia, que acontece anualmente, em setembro. O concurso acontece para os alunos de escolas municipais, algumas estaduais e particulares. Este ano, inspirado pelo workshop, o tema será "Nossos amigos da floresta", buscando despertar a curiosidade e valorização da biodiversidade local pelos estudantes. O regulamento do concurso já está sendo distribuído entre as escolas participantes e os vencedores ganharão prêmios como tablets e kits do IPÊ.

O concurso de desenhos é uma realização da Associação Hortolândia de Atibaia e do IPÊ, com apoio da Prefeitura da Estância de Atibaia. Os patrocinadores são Sicredi, Global e Legatto Comunicação.