Poder público reconhece IPÊ e viveiro comunitário pelos trabalhos socioambientais no Pontal do Paranapanema

 

 

O poder público de Teodoro Sampaio (SP) reconheceu, por meio duas moções de congratulação, o trabalho do IPÊ e de seus parceiros para a sociedade local, no Pontal do Paranapanema. 

O Instituto recebeu uma moção pelo empenho em incentivar nas pessoas a importância de um envolvimento maior de cada uma delas para a melhoria do meio ambiente, saúde e qualidade de vida. O reconhecimento foi especialmente em ocasião da "Manhã com Ciência", realizada pelo IPÊ na última semana de abril, no escritório do IPÊ, com a palestra "Lições e Conceitos da Biologia da Conservação e a Aplicação do Conceito de Capital Natural e Serviços Ecossistêmicos na Mata Atlântica do Oeste Paulista" por Laury Cullen Jr. O evento promove um encontro entre a sociedade local e o IPÊ, que leva informações e atualiza os moradores sobre o desenvolvimento dos trabalhos de pesquisa e educação para conservação da biodiversidade local.

A outra moção foi direcionada a Nivaldo Ribeiro, coordenador do projeto Viveiros Comunitários, e Valter Ribeiro, viveirista especializado em produção de mudas nativas da Mata Atlântica. Ambos foram reconhecidos pelo trabalho desenvolvido e elevação positiva do nome do município para um grande número de pessoas, por meio do trabalho de extensão rural e divulgação sobre plantios de mudas nativas na imprensa.