Ecoswim

Ecoswim – estudantes nadam para colaborar com a missão do IPÊ

Maratona de natação idealizado por estudantes da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, que costuma acontecer na piscina do Pacaembú  uma vez ao ano e reunir uma média de 500 nadadores, entre 4 e 80 anos. Parte da renda das inscrições para o Ecoswim é revertida para o IPÊ e destinado ao Projeto Nascentes Verdes – Rios Vivos.

Objetivos da parceria

Um dos objetivos da comissão organizadora é o despertar, entre as equipes, da importância da conservação da natureza e, sobretudo, fazer com que os participantes se tornem defensores e promotores da causa ambiental.  
Durante a competição são distribuídas cerca de 600 mudas de árvores nativas para os participantes que desejam plantar e para o reflorestamento da mata ciliar da região da Cantareira.

Estratégia adotada

O evento une a prática esportiva à conscientização ambiental: várias equipes de natação se encontram para participar de uma divertida disputa por dois troféus - um para a equipe com a maior metragem nadada e o outro para a com o maior número de inscritos. Cada inscrito ganha uma muda de árvore nativa da Mata Atlântica, uma sacola ecológica e uma camiseta feita de pet.
A possibilidade de engajar pessoas adeptas de um esporte muito saudável, como a natação, em uma causa que tem grande relevância para a sociedade é o grande mote do evento
O IPÊ costuma participar do evento distribuindo as mudas e expondo seus produtos, entre eles: camisetas bordadas, sandálias Havaianas, bucha, bonés, chapéus e geléias. E também oferece oficinas de máscaras ecológicas às crianças, gerando um total de 120 visitas em nossos estandes.

Resultados Obtidos

No ano de 2010 aconteceu já a quarta edição do evento com a destinação de recursos para a causa ambiental. A organização do Ecoswim merece destaque pela participação de pessoas das mais diferentes idades motivadas a contribuir com uma causa é muito emocionante.  A atitude desses jovens estudantes e esportistas é extremamente louvável. Numa época na qual as pessoas estão tão centradas em si mesmas, atitudes como estas são de um valor incomensurável. Graças a isso, nesse ano (2010) iremos para o 4° hectare de floresta!