Yara Barros - presidente da SZB

A campanha Minha Amiga é uma Anta, lançada ainda em 2012, ganhou uma força importante em 2013, por meio da parceria com Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil (SZB). Para promover a conservação da espécie, a campanha leva informações de maneira educativa e divertida e foi inserida nos programas de educação ambiental de cerca de 40 zoológicos e aquários em todo o País, tendo como público alvo principal crianças e adolescentes.

Criada pela pesquisadora do IPÊ Patrícia Medici e a jornalista ambiental Liana John, a campanha utiliza como ferramentas uma cartilha com informações a respeito da espécie e sua importância na natureza, além de um website com fotos, ilustrações, entre outros elementos educativos. A intenção é também, com informação e humor, acabar com o estigma criado em torno do nome “anta”, que na sociedade passou a ser sinônimo de um ser sem inteligência – o que não é verdade, segundo a pesquisadora, já que a anta possui elevado número de neurônios. Os zoológicos participantes aderiram de forma voluntária à campanha, distribuindo as cartilhas e realizando diversas atividades de sensibilização pela causa, de acordo com suas possibilidades. Além disso, incluíram informações em placas nos recintos das antas, disponibilizaram materiais em seus websites e perfis nas redes sociais, e realizaram palestras explicativas sobre a espécie.

“A parceria com os zoológicos foi um impulso significativa para a campanha. Os nossos zoológicos recebem cerca de 20 milhões de visitantes por ano e têm um gigantesco potencial de disseminação de mensagens conservacionistas”, diz Patrícia. O sucesso da campanha e a adesão dos zoológicos fez com que ela se tornasse um modelo a ser seguido pela SZB para apoiar a conservação de com outras espécies brasileiras.

“Quando assumi a presidência da SZB encontrei a Patricia no congresso da ALPZA em São Paulo e começamos a pensar em como trabalhar juntas. Eu disse a ela que queria ajudar, mas que nem a SZB nem os zoos teriam dinheiro para investir, mas que temos uma "sala de aula" com 20 milhões de alunos/ano, e que poderíamos ajudar na divulgação, conscientização. Para mim é muito importante que os zoos e aquários entendam que uma de suas missões é fazer esta ponte entre o trabalho realizado em campo e o que fazendo em cativeiro. Este tipo de trabalho de integração ainda é muito incipiente, e achei que adotar a campanha seria um excelente ponto de partida. Cerca de 20 zoos participaram da campanha. Considerando que temos 123 instituições no Brasil, o número não é alto, mas se pensarmos que apenas 44 instituições são membros da SZB, o saldo foi bastante positivo. Como desdobramento, a SZB em parceria com o projeto Tatu-Canastra criou a campanha "Tem Tatu Aqui", que será lançada em 2014.” Yara Barros, presidente da SZB.